Gays acusam igrejas por morte de homossexuais no México.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

150 crimes foram contabilizados em um ano



O grupo "Orgulho Veracruzano" de defesa dos homossexuais no Estado mexicano de Vera Cruz acusa as Igrejas Católica e Evangélica pela onda de crimes homofóbicos ocorridos na região.

"A mesma igreja que impõe o ódio, tem provocado a onda de crimes por homofobia, eu acuso a igreja por essas mortes homofóbicas" disse Leandro Ruiz, presidente da organização.

A entidade documentou 150 assassinatos por motivações homofóbicas em um ano. "As pessoas que matam gays são pessoas ligadas à religião que dizem que somos aberrantes, que somos contra a natureza e, na verdade, não somos, somos filhos de Deus" ressalta Ruiz.

Recentemente, a União Nacional de Pais de Família anunciou ser contra o casamento gay e considerou a homossexualidade uma doença.

da Redação via JuarezGay.com

0 comentários: