FINAL TRISTE

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

PM é acusada de agressão em Parada Gay

Cenas foram gravadas em vídeo



Dois participantes da Parada Gay de Taquatinga, cidade satélite de Brasília, denunciaram que foram agredidos por policiais militares e civis. Parte da agressão foi registrada em fotos e vídeo por outros participantes do evento.

Arismar foi uma das vítimas. "Primeiro porrada que eles me deram na perna e eu já caí. Não consegui mais mexer a perna" contou à reportagem da Globo Brasília. Ele e o companheiro estavam brigando quando os policiais chegaram. Arismar precisa agora fazer uma cirurgia na perna.

As imagens em vídeo gravadas por um outro participante da Parada mostram o momento em que os policiais militares abordam o casal. Um jovem fotografou a placa do carro da PM e foi abordado e imobilizado por um dos militares. Ao ver as câmeras, o policial obriga o rapaz apagar as fotos.

Na delegacia os jovens foram autuados por

"Eles tiveram oportunidade de esclarecer todos os fatos, mas eles se recusaram a prestar depoimento aqui na delegacia. Se eles estão alegando que foram agredidos aqui, ou foram agredidos por policiais militares, nós vamos apurar todos esses fatos" disse à TV Globo Brasília, a delegada Vera Lúcia da Silva.

Os outros dois jovens envolvidos na suposta agressão, entre eles o que registrou as cenas em fotos denunciaram os policiais na Corregedoria de Polícia. "Bateu na minha cara, bateu na minha máquina fotográfica. A gente foi tentar ajudar eles porque a gente viu que foi uma covardia que fizeram com eles" contou Pedro Fistarol, produtor de moda. Ninguém do comando da Polícia Militar quis falar sobre o assunto.

da Redação do Toda Forma de Amor com informações da TV Globo Brasília

Um, dois, três...

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Parece até sonho de criança, mas não é. Em uma visão simplista e preocupada com o Brasil nos próximos quatro anos, estava pensando que, se não fosse o ego dos candidatos derrotados, esses quatro anos seriam muito melhores do que já serão (o otimismo invade minh’alma). Os candidatos à presidência são bem capazes e os três primeiros nas pesquisas são competentes, têm conhecimento e fariam um bom trabalho, qualquer deles que se elegesse.

Mas aí eu fiquei aqui pensando em uma vitória da Dilma. Ela podia convidar o Serra para ministro da Saúde, coisa que ele já fez e foi o melhor até hoje. Aí para o Meio Ambiente ela chamava a Marina, que é tão boa nessa área quanto o Serra na Saúde. E se caso o Serra ganhar, Dilma seria uma ótima ministra da Fazenda e Marina continua sendo perfeita para a pasta ambiental. E por aí vai, você entendeu. Cabe também o Plínio Arruda na Reforma Agrária ou Direitos Humanos.

Seria bem legal ver os três que tanto trocam farpas nessa época se unirem em torno de um projeto único depois do resultado da votação. Se perdeu, ok, fica para uma próxima e vamos lá dar um jeito no Brasil ao lado de quem, legitimamente, ganhou. Até porque, se quem perder agora fizer isso, se concorrer de novo em quatro anos poderá pegar um País ainda melhor para governar.

É uma questão de inteligência e lógica, de praticidade. Claro que este é um raciocínio que não leva em conta o lobby, a troca de favores, o orgulho, o ego, a ganância e a ambição. Só considera mesmo de forma descompromissada que seria mais fácil colocar para administrar quem entende da coisa, sem se preocupar com o partido político.

Colonoscopia é o melhor método de detecção precoce do câncer colorretal

Por Redação
08.09.10

Segundo estimativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA) em 2010, o câncer colorretal será a terceira causa mais comum de câncer no mundo. No Brasil, o número estimado é de 13.310 casos em homens e de 14.800 em mulheres. O diagnóstico na sua fase precoce é o ideal para o sucesso do tratamento e a colonoscopia é o melhor exame para a detecção.

A SOBED, Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva, recomenda que o exame seja feito com a frequência indicada por um especialista. Este médico deverá indicar um acompanhamento minucioso nos casos onde pólipos (tumor benigno, geralmente pedunculado, que ocorre nas superfícies mucosas) são diagnosticados e nos pacientes com histórico familiar de câncer.


“Quando detectamos a lesão em sua fase inicial, o tratamento pode ser endoscópico, evitando assim cirurgias extensas. Isso possibilita, além da resolução da doença, o retorno mais precoce do paciente às suas atividades rotineiras”, afirma Carlos Alberto Cappellanes, presidente da SOBED.

O exame colonoscópico é realizado por meio da introdução de um endoscópio flexível através do reto. “Para submeter-se a este exame, o paciente necessita de um preparo que retira os resíduos do intestino, propiciando ao colonoscopista a visibilidade de toda a extensão do cólon e a detecção de alterações deste segmento do trato digestivo”, explica Marcelo Averbach, médico especialista em cirurgia do aparelho digestivo.

Além da importância do diagnóstico de câncer colorretal, a colonoscopia também é útil para diagnosticar outras doenças intestinais bem como no tratamento e acompanhamento destes pacientes.

Moradia LGBT

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Banco do Brasil lança pacote de financiamento imobiliário para casais homossexuais de R$ 60 milhões
por Redação MundoMais




SÃO PAULO – O Banco do Brasil (BB) lançou, desde o último dia 20, o pacote de financiamento imobiliário para casais homossexuais com as mesmas regras do programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal.

Segundo o gerente-executivo de Crédito Imobiliário do BB José Henrique Silva, até o final do ano, este pacote para os homossexuais pode render cerca de R$ 60 milhões.

"Antes, os empréstimos só eram concedidos para heterossexuais casados ou em união estável. Constatamos a necessidade e mudamos algumas regras para tornar possível a entrada de casais do mesmo sexo", diz Silva.

O valor aproximado para cada imóvel é de R$ 120 mil. Para efetivar o negócio, é necessário comprovação de renda e também da capacidade de arcar com a dívida.

Segundo Silva, a comprovação da união dos parceiros não necessita de muita burocracia. Basta o acordo verbal mais a documentação apresentada conjuntamente. O BB espera fechar cerca de 500 operações até o final do ano e a expectativa é que este número possa crescer entre 10% a 15%. Silva explica que o BB entrou no mercado imobiliário há apenas 3 anos, quando a instituição financeira adquiriu a Nossa Caixa.

Diversidade – A brecha para este tipo de financiamento é decorrente das normas do Minha Casa, Minha Vida, que é aberto a todo tipo de relações familiares e também de amizades para a efetivação do crédito. Inclusive, o BB já fechou negócio com 8 mil unidades habitacionais nos termos de união estável entre homossexuais. Outro banco estatal que faz este tipo de transação é a Caixa Econômica Federal, e o Itaú-Unibanco, eBanco e Santander na rede privada.

Tasmânia aprova lei que reconhece casais gays da Austrália e outros países

Por Redação 31/8/2010 - 19:08



O parlamente da Tasmânia aprovou uma lei que reconhece os casamentos e uniões civis entre pessoas dos mesmo sexo registrados na Austrália e em outros países. Segundo a imprensa local, a emenda contou com o voto favorável de todos os deputados.

A representante do parlamento da Tasmânia (espécie de presidente do congresso), Lara Giddings, afirmou que a aprovação da lei é um pequeno passo, mas significativo.

"Este é realmente um pequeno passo, mas um passo significativo e importante para aquelas pessoas que se casaram em outros lugares e querem ser reconhecidas aqui (Tasmânia)".

Gays acusam igrejas por morte de homossexuais no México.

150 crimes foram contabilizados em um ano



O grupo "Orgulho Veracruzano" de defesa dos homossexuais no Estado mexicano de Vera Cruz acusa as Igrejas Católica e Evangélica pela onda de crimes homofóbicos ocorridos na região.

"A mesma igreja que impõe o ódio, tem provocado a onda de crimes por homofobia, eu acuso a igreja por essas mortes homofóbicas" disse Leandro Ruiz, presidente da organização.

A entidade documentou 150 assassinatos por motivações homofóbicas em um ano. "As pessoas que matam gays são pessoas ligadas à religião que dizem que somos aberrantes, que somos contra a natureza e, na verdade, não somos, somos filhos de Deus" ressalta Ruiz.

Recentemente, a União Nacional de Pais de Família anunciou ser contra o casamento gay e considerou a homossexualidade uma doença.

da Redação via JuarezGay.com